Fundação Portuguesa de Cardiologia lança projeto (que) “Salva-vidas”

/, Saúde/Fundação Portuguesa de Cardiologia lança projeto (que) “Salva-vidas”

A Fundação Portuguesa de Cardiologia (FPC) acaba de lançar o “Projeto Salva-vidas”, uma campanha pública de âmbito nacional que sensibiliza para a morte súbita e que é desenvolvida em parceria com a Senilife e os hipermercados Jumbo.

De acordo com dados da FPC, atualmente a morte súbita mata cerca de 10 mil pessoas em Portugal todos os anos e, de acordo com a Organização Mundial de Saúde, cerca de 20 mil pessoas por dia em todo o mundo. Em Portugal o número de desfibrilhadores, um dos instrumentos mais eficazes de combate a esta problemática de saúde pública, é de cerca de um para cada 10 mil habitantes.

Com este projeto, a FPC pretende alertar a comunidade para esta problemática. A campanha funciona de forma simples: nas parafarmácias dos hipermercados Jumbo estão à venda “Pulseiras Salva-vidas”, pelo preço simbólico de dois euros. Por cada grupo de 1500 pulseiras vendidas, as entidades promotoras do projeto oferecem um kit salva-vidas – composto por um desfibrilhador ZOLL com reanimação de alta qualidade e respetiva formação em Suporte Básico de Vida com Desfibrilhação Automática Externa e primeiros-socorros -, a uma entidade identificada desde o início das vendas das referidas pulseiras. A primeira entidade a receber este Kit será a Escola Secundária Maria Amália Vaz de Carvalho, em Lisboa, seguindo-se outras em diferentes locais do país.