“Verão com Prevenção” alerta para os riscos do sol em 17 praias do Centro

/, Saúde/“Verão com Prevenção” alerta para os riscos do sol em 17 praias do Centro

A campanha “Verão com Prevenção”, promovida pelo Núcleo Regional do Centro da Liga Portuguesa Contra o Cancro (NRC-LPCC), vai percorrer 17 praias da região Centro, sensibilizando para os cuidados a ter com a exposição excessiva e prolongada ao sol e apelando à adoção de comportamentos mais saudáveis e benéficos.

Este programa começou no domingo, na Praia da Barra, e vai chegar, pela primeira vez, à praia Fluvial Aldeia Viçosa, Praia Fluvial de Valhelhas e Praia Fluvial de Sever do Vouga.

A campanha inclui ações de contacto direto com os veraneantes, conduzidas por voluntários da LPCC, com distribuição de folhetos informativos, esclarecimento de dúvidas relativas aos fatores de risco para o cancro da pele e informação sobre comportamentos preventivos. Contempla ainda aulas de ginástica, yoga e zumba e algumas atividades destinadas aos mais pequenos.

No domingo a campanha decorre nas praias Vieira de Leiria, Areão, Tocha, Vagueira e Valhelhas. Até ao final do mês vai percorrer ainda as praias de Aldeia Viçosa, Pedrógão, Costa Nova, Figueira da Foz e Buarcos, Mira, Poço da Corga, S. Pedro de Moel e Torreira.

A LPCC alerta para o facto de nove em cada 10 novos casos de cancro da pele derivarem de uma exposição excessiva ao sol. Em pessoas de raça branca, este é mesmo o tipo de cancro mais prevalente mas, se for diagnosticado e tratado numa fase inicial, pode ser curado.

Verão com Prevenção” vai precisamente divulgar os fatores de risco relativos ao cancro cutâneo, que incluem ter pele clara, com sardas e muitos sinais escuros; pele difícil de bronzear, mas que sofre com facilidade queimaduras solares; exposição excessiva, intermitente ou prolongada ao sol; não aplicar frequentemente protetor solar adequado ao tom de pele; não usar chapéu e óculos de sol; exposição solar em horas de risco e antecedentes familiares de melanoma ou de outro tipo de cancro da pele.

Esta campanha é promovida em colaboração com os municípios e respetivas capitanias marítimas. Conta com o apoio das unidades de saúde pública, bombeiros, agrupamentos de escuteiros, grupos de jovens, associações sem fins lucrativos e empresas.