Federação Portuguesa de Judo reconheceu mérito desportivo

/, Desporto/Federação Portuguesa de Judo reconheceu mérito desportivo

A Federação Portuguesa de Judo (FPJ) celebrou, no passado sábado, no Hotel D. Luís, em Coimbra, o seu 58.º aniversário. Nesta noite de gala, homenageou todos aqueles que contribuem ativamente para o crescimento do judo nacional, assim como reconheceu o mérito de todos os agentes desportivos que se têm destacado ao longo dos últimos anos.

A Gala contou com a presença das maiores entidades internacionais de judo, como Haruki Uemura (presidente do Kodokan Judo Institute), Marius Vizer (presidente da Federação Internacional de Judo), Sergey Soloveychik (presidente da União Europeia de Judo), George Kerr (presidente da Associação Britânica de Judo) e Mário Muzas (presidente da Federação Galega de Judo). A estas entidades juntaram-se também José Manuel Constantino (presidente do Comité Olímpico de Portugal), Augusto Baganha (presidente do Instituto Português do Desporto e Juventude) e João Paulo Rebelo (secretário de Estado da Juventude e do Desporto).

No dia em que celebrou os seus 58 anos, a FPJ organizou ainda o IV Congresso Nacional do Judo, que decorreu no auditório da Reitoria da Universidade de Coimbra e que contou com vários momentos formativos e culturais, como visitas e atuações musicais, num programa que se estendeu por todo o fim de semana.

O secretário de Estado da Juventude e do Desporto felicitou a Federação por estas comemorações. Hoje é dia de aniversário, mas também de trabalho árduo no Congresso que considero bastante profícuo para o desenvolvimento da modalidade. Esta Gala é importantíssima para o reconhecimento do mérito desportivo de todos os agentes da modalidade. O judo é uma modalidade que já deu duas Medalhas Olímpicas ao nosso país. Quero agradecer todo o vosso trabalho e dedicação no alcance dos grandes resultados desportivos, mas também na vertente de formação cívica, onde os valores ensinados através do Judo, ajudam a formar pessoas melhores”, disse João Paulo Rebelo.

O presidente da Federação Portuguesa de Judo, Jorge Fernandes, recordou que “este evento não se realizava desde 2004”, considerando que “deve ser saudado pela pertinência dos seus temas, qualidade dos seus oradores e pelo seu contributo para a modalidade em Portugal”.

Em representação da Câmara Municipal de Coimbra, o vice-presidente Carlos Cidade manifestou a “satisfação muito especial” que a autarquia tem por receber este evento. “Creio que é uma homenagem que a Federação Portuguesa de Judo faz à cidade, que sempre se mostrou disponível para acolher a modalidade”, sublinhou.