OP de Condeixa aposta na melhoria de alguns espaços coletivos

/, Região/OP de Condeixa aposta na melhoria de alguns espaços coletivos

A melhoria e beneficiação do espaço da Associação Desportiva Recreativa e Cultural do Avenal, na Freguesia do Sebal, e o melhoramento do campo de jogos (anexo à Escola) de Condeixa-a-Velha foram os projetos vencedores do Orçamento Participativo (OP) de Condeixa-a-Nova.

No total, foram apresentadas 11 propostas, seis ao OP Jovem e cinco ao OP Geral, mas apenas quatro reuniam os critérios necessários e foram admitidas pelo júri a votação, que decorreu entre 22 de novembro a 22 de dezembro, tendo-se registado 518 votos.

No OP Geral a proposta mais votada (255 votos) foi a de Manuel Santos, que concorreu com o projeto “Pela Associação do Avenal”, que visa a execução de obras de manutenção e beneficiação do espaço da Associação Desportiva Recreativa e Cultural do Avenal. Esta intervenção visa “a requalificação e a dignificação de um espaço de convívio, tornando-o num ponto de encontro agradável para moradores e visitantes”, justifica o autor.

Esta candidatura, orçada em cerca de 30 mil euros, visa a “execução de obras de manutenção e beneficiação do espaço da Associação Desportiva Recreativa e Cultural do Avenal, nomeadamente a reabilitação da cobertura que atualmente é em chapas de fibrocimento, ramal de ligação ao saneamento básico, reabilitação de todo o pavimento e escadas de acesso e a construção de uma rampa de acessibilidade para utilizadores de mobilidade reduzida”.

Já no OP Jovem a única proposta a votação recolheu 123 votos e foi apresentada por Soraia Fidalgo, caminheira no Agrupamento de Escuteiros, que propõe a melhoria das condições do Campo de Jogos de Condeixa-a-Velha para o desenvolvimento de atividades escutistas.

A autora, que estima a execução do projeto em 25 mil euros, propõe a execução de cobertura simples do campo de jogos, a regularização do pavimento tendo em vista evitar a acumulação de águas pluviais, a execução/correção do sistema de drenagem e escoamento de águas pluviais e a instalação de sistema de iluminação.

A votação estiveram ainda as propostas de criação do “SiViACom – Sistema de Vigilância e prevenção de fogos florestais – Ação Comunitária para jovens”, da autoria de Jorge Lameiras, que recolheu nove votos, e a proposta de Ana Pinho, que recebeu 131 votos, para a realização de obras de restauro no Salão Paroquial, cave da Casa Paroquial e Casa do Mel, no Sebal, orçadas em 45 mil euros.

O presidente da Câmara, Nuno Moita, lembra que “Condeixa foi um dos primeiros municípios do país a adotar este modelo de participação cívica” e reafirma a intenção de “continuar a trabalhar para que o OP não esmoreça e suscite cada vez mais interesse, incentivando os cidadãos a intervirem de forma responsável e informada na gestão da causa pública, em nome de uma democracia mais participada”.