Apicultura junta em Coimbra profissionais de toda a Península Ibérica

/, Coimbra/Apicultura junta em Coimbra profissionais de toda a Península Ibérica

Professores, investigadores e outros profissionais, oriundos de toda a Península Ibérica, estão reunidos em Coimbra, na Faculdade de Farmácia, no Pólo das Ciências da Saúde da Universidade de Coimbra (UC), para falar de apicultura e biodiversidade.

O V Congresso Ibérico de Apicultura começou ontem e prolonga-se até amanhã (3 e fevereiro), promovendo o debate e reflexão sobre os mais variados temas ligados com a apicultura, como biodiversidade genética das abelhas, sanidade apícola, produtos apícolas, qualidade, flora apícola, meneio de colmeia e também o potencial económico.

O congresso visa, no fundo, como explica a comissão organizadora, “discutir a investigação, as conquistas e os avanços nesta área científica” e, por outro lado, “catalisar o intercâmbio de conhecimento e a criação de redes entre investigadores e empresários, de forma a contribuir para o avanço da tecnologia e da pesquisa para a preservação da biodiversidade e da apicultura”. Favorece ainda a divulgação da atividade apícola, a sua relação com o meio ambiente e a biodiversidade da flora da Península Ibérica, abrangendo ainda o delineamento de intercâmbios futuros entre alunos de graduação e pós-graduação das várias instituições participantes.

Trata-se de um evento científico de cunho internacional que já se realiza desde 2010 e que aposta num “estreitamento de laços entre investigadores da Península Ibérica”, contando sempre com uma adesão significativa de docentes e estudantes de diversas áreas associadas à apicultura e biodiversidade.

O programa contempla ainda alguns momentos culturais, que irão promover a confraternização. Ontem realizou-se uma visita ao Museu Nacional Machado de Castro, seguindo-se um jantar no restaurante Loggia, onde não faltou o fado de Coimbra. Hoje, às 17h30, atua a Phartuna e, às 20h30, tem início o jantar na Quinta das Lágrimas, que conta com um programa cultural assegurado pelo Grupo de Teatro de S. Teotónio e Luís Travassos. Amanhã, no final do congresso, os participantes seguem para a Mealhada, onde vão almoçar na Escola de Hotelaria da cidade. O programa termina com um passeio pela Serra do Buçaco, entre as 15h00 e as 18h30.

O V Congresso Ibérico de Apicultura é organizado em parceria pela Faculdade de Farmácia da UC, Cátedra UNESCO em Biodiversidade e Conservação para o Desenvolvimento Sustentável da UC, Turismo Centro de Portugal, Instituto Politécnico de Castelo Branco, Instituto Politécnico de Bragança e BeCoimbra.