Mira recebe domingo atletas dos principais clubes europeus

/, Desporto, Região/Mira recebe domingo atletas dos principais clubes europeus

Campeões nacionais de 25 países, num total de 366 atletas (femininos, masculinos, seniores e sub20) e 150 oficiais, divididos por 53 clubes e 62 equipas, vão participar, no domingo (4 de fevereiro), na Taça dos Campeões Europeus de Corta Mato, prova que decorre na pista da Praia de Mira, situada numa das poucas manchas florestais do concelho que não foram atingidas pelos incêndios de 15 de outubro de 2017.

Vamos ter em competição os melhores atletas do continente europeu, em representação dos clubes campeões nacionais dos respetivos países”, explicou Jorge Vieira, presidente da Federação Portuguesa de Atletismo, durante a apresentação da prova, que decorreu na passada sexta feira, em Mira.

Portugal vai estar representado pelas equipas do Benfica e do Sporting e Jorge Vieira acredita que “os atletas portugueses vão fazer boa figura”, ou seja, “ganhar”.

A prova vai ser transmitida em direto na Bola TV e contará com resumos alargados na Eurosport, sendo aguardados em Mira dezenas de jornalistas nacionais e estrangeiros.

Recorde-se que, depois da decisão da Associação Europeia de Atletismo de atribuir a Mira a organização da prova, a Câmara Municipal apresentou uma candidatura aos fundos do programa de qualificação turística Valorizar, destinada a suportar em 90 por cento os custos da competição, estimados em 30 mil euros.

Durante a apresentação, o presidente do Município, Raul Almeida, informou que a candidatura tem o apoio da Turismo Centro e do Turismo de Portugal “devido ao impacto que a prova terá dentro e fora de Portugal”. O primeiro impacto já é evidente, uma vez que, como frisou o autarca, Mira vai acolher durante diversos dias mais de 500 visitantes (entre atletas e staff técnico), que esgotaram a lotação de sete hotéis em Mira e concelhos vizinhos.

A importância deste evento vai muito além da área geográfica do concelho”, explicou, acrescentando que “são eventos como estes que ajudam a repor a normalidade num concelho que foi fortemente abalado pelos incêndios”.