Novos desafios no diagnóstico em debate no Hotel D. Inês

/, Saúde/Novos desafios no diagnóstico em debate no Hotel D. Inês

Novos desafios no diagnóstico de Imunodeficiências primárias” é o tema da VIII Reunião de Imunodeficiências Primárias que decorre hoje (9 de fevereiro), das 9h30 às 18h30, no Hotel D. Inês, em Coimbra. Durante este encontro, especialistas vão abordar o diagnóstico clínico, laboratorial e genético de algumas destas patologias.

As imunodeficiências primárias (IDP) são na sua maioria doenças raras multiorgânicas com grande impacto na morbilidade e mortalidade e qualidade de vida dos doentes. A abordagem destas doenças exige o envolvimento de diferentes especialidades com destaque para especialidades como imunoalergologia, pediatria, infecciologia, patologia clínica, gastroenterologia, reumatologia, hematologia, pneumologia, medicina interna e genética.

Pelo interesse da temática estas reuniões têm sempre uma larga participação de profissionais de saúde de diferentes áreas, que vão refletir sobre o estado da arte e os desafios das IDP.

A reunião é organizada pelo Grupo Coordenador do Grupo Português de Imunodeficiências Primárias (do biénio 2016-2017), liderado por Emília Faria, imunoalergologista do Centro Hospitalar e Universitário de Coimbra (CHUC), Sónia Lemos, pediatra do Hospital Pediátrico de Coimbra, e Artur Paiva da Unidade de Gestão de Citometria do Serviço de Patologia Clínica.

O Grupo Coordenador do Grupo Português de Imunodeficiências Primárias é um grupo de trabalho da Sociedade Portuguesa de Imunologia que inclui médicos de diferentes especialidades.

Em simultâneo, das 9h30 às 13h00, decorre a II Reunião de Enfermagem de IDP, organizada pelo Grupo de Enfermagem do Serviço de Imunoalergologia do CHUC.