Olivais FC distinguiu sócios mais antigos

/, Desporto/Olivais FC distinguiu sócios mais antigos

Mais de uma centena de pessoas comemoraram, no sábado, os 83 anos do Olivais Futebol Clube (FC). O almoço comemorativo decorreu no restaurante “República da Saudade”, espaço acolhedor que se transformou num ponto de (re)encontro da vasta “família olivanense”.

Unidos pelo seu amor pelo clube, os participantes aproveitaram a tarde para, num ambiente de muita animação, partilhar histórias, recordar vivências e também evocar amigos que, pelos mais diversos motivos, não puderam marcar presença neste encontro.

Sempre com o desporto como “pano de fundo” – não fosse as atenções de todos estarem também centradas no primeiro jogo da Final a 4 da Taça de Portugal, com a equipa sénior feminina a entrar em campo às 16h30 frente ao AD Vagos -, as celebrações decorreram num ambiente de muita animação e convívio, com os discursos e homenagens a marcarem a tarde.

Carlos Daniel, da comissão organizadora, abriu a sessão, dando as boas vindas a todos e fazendo um enquadramento da história do Olivais. O presidente do clube, Jaime Carvalho e Silva, aproveitou este evento para agradecer o trabalho da comissão organizadora que, para além do aniversário, está a preparar um conjunto variado de iniciativas com o intuito de dinamizar e dar maior visibilidade à coletividade. Deu também as boas vinda a todos, sublinhando a importância que todas as sucessivas gerações tiveram no longo percurso deste clube de Coimbra. Luís Santarino, presidente da Associação de Basquetebol de Coimbra; Francisco Andrade, presidente da Junta de Freguesia de Santo António dos Olivais; e Francisco Paz, em representação da Câmara Municipal de Coimbra, também subiram ao “palco” para felicitarem o Olivais FC pelo seu honroso percurso desportivo e por todo o trabalho que tem feito junto das camadas mais jovens, tendo um papel muito importante na formação dos milhares de crianças e jovens que, ao longo destes 83 anos, passaram pelo clube.

Depois dos discursos foi tempo de homenagens e reconhecimentos. Foram muitos os olivanenses que passaram pelo “palco”, onde receberam os emblemas prateados e dourados, num agradecimento pelos 25 ou 50 anos de associados. No total, apesar de nem todos estarem presentes, eram mais de 130 os associados contemplados, 125 com 25 anos e oito com 50.

Como não há aniversário sem bolo, a festa seguiu com o cantar dos parabéns, numa sintonia afinada onde não faltaram os muitos “vivas” ao Olivais. Sempre atentos ao relógio, com a contagem decrescente para o início do jogo da meia final da Final a 4 da Taça de Portugal feminina, os olivanenses transferiram a festa para o Pavilhão Multidesportos Mário Mexia, sonhando ainda com a conquista da sua terceira taça.

Olivais FC “cai” na meia final da Taça de Portugal

Mas como em campo nada é previsível, o sonho não se concretizou. Apesar da forte motivação e do grande apoio que vinha das bancadas, a equipa feminina “caiu” no jogo da meia final, frente ao AD Vagos, que acabaria por conquistar o ambicionado troféu, no domingo, num emocionante encontro com o União Sportiva, com o resultado a decidir-se apenas nos segundos finais (54-50).

Na meia final, Olivais FC e AD Vagos protagonizaram um jogo bem disputado, com sucessivos empates no marcador. Acabaria, contudo, por ser o AD Vagos a “carimbar” o passaporte da final, com o placar a registar, no final do encontro, 63-72 a favor dos visitantes.

Esta foi a 16.ª final da Taça de Portugal disputada pelo Olivais FC. O clube já esteve em 10 finais e conquistou duas vezes o ambicionado troféu.