AdCL aprova contas e elege órgãos sociais

/, EMPRESAS/AdCL aprova contas e elege órgãos sociais

Os acionistas da Águas do Centro Litoral (AdCL) aprovaram, na semana passada, em Assembleia Geral, as contas relativas ao exercício de 2017 e elegeram o Conselho de Administração para o mandato 2018-2020.

A empresa alcançou resultados líquidos de 3,9 milhões de euros, tendo sido deliberado não distribuir dividendos pelos acionistas. Destes cerca de 3,9 milhões, o Conselho de Administração da AdCL propôs levar este montante a resultados transitados, tendo a proposta sido aprovada por maioria pelos acionistas.

No que toca às contas relativas ao exercício de 2017, verifica-se que os principais indicadores financeiros da empresa apontam para melhorias, com o volume de negócios a crescer para 45,75 milhões de euros (face aos 44,86 milhões de euros alcançados em 2016), os gastos operacionais a diminuir para 41,19 milhões de euros (face a 41,94 milhões de euros), o EBITDA a subir para 26,36 milhões de euros (comparando com 25,03 milhões de euros em 2016) e o nível de endividamento a diminuir (5,7 por cento face a 2016).

A nível de atividade de 2017, destaca-se o aumento do volume de água fornecido em cerca de 4,62 por cento. Atualmente, a AdCL fornece água em qualidade e quantidade a cerca de 320 mil habitantes, tratando as águas residuais de 750 mil habitantes.

Além da aprovação das contas, os acionistas da AdCL aprovaram, também, a eleição do atual Conselho de Administração para o mandato 2018-2020. Raul Miguel de Castro assume a presidência da Mesa da Assembleia Geral, Paulo Fernandes a vice-presidência e Ana Cristina Pereira é a secretária. No Conselho da Administração, Nelson Geada mantém-se na presidência, enquanto Filipa Esperança e Tiago Braga são os vogais executivos e Cristina de Jesus e Silvério Regalado os vogais não executivos. O Conselho Fiscal é presidido por Luís Miguel Damas, tem como vogais efetivos Armando Resende e Paulo dos Santos e como vogal suplente Patrícia Caldinha. A Comissão de Vencimentos é presidida por Carla Correia e tem como vogais Luís Costa e Paulo Silva.

Após a aprovação das contas e da aplicação dos resultados e passando para outro ponto sobre a “seca”, o presidente do Conselho de Administração da AdCL, Nelson Geada, e o presidente do Conselho de Administração, João Nuno Mendes, apelaram à precaução e incentivaram todos os acionistas a aderirem à campanha da seca, apresentada em outubro de 2017. A campanha “Vamos fechar a torneira à seca” tem uma página WEB (www.fecheatorneira.pt), onde podem ser descarregados diversos meios de divulgação.