EFAPEL pretende manter crescimento em 2018

/, EMPRESAS/EFAPEL pretende manter crescimento em 2018

A EFAPEL, um dos maiores fabricantes nacionais de aparelhagem elétrica de baixa tensão, registou em 2017 um crescimento de 18 por cento relativamente ao anterior exercício, com faturação de 35.5 milhões de euros, resultados alinhados com as projeções já anunciadas. Entretanto, a empresa de Serpins, no concelho da Lousã, avança, para o primeiro semestre de 2018, a estimativa de um crescimento homólogo com exatamente o mesmo índice, equivalente a vendas de 21 milhões de euros.

O mercado externo, para onde a EFAPEL envia cerca de 30 por cento da sua produção, vai continuar a contribuir para o crescimento global da empresa com a taxa de 18 por cento no primeiro semestre, segundo estima esta empresa industrial.

A EFAPEL, que atualmente exporta para mais de 50 países, desde a Europa e África ao Médio Oriente e América Latina, anuncia que “vai orientar os seus esforços de expansão com maior acuidade para diversos países do continente europeu, onde identifica potencial e condições favoráveis”.

Recorde-se que a EFAPEL tem uma subsidiária (a EFAPEL – Soluciones Eléctricas, SL) em Espanha (Salamanca), criada em 2015, o que representa a concretização do desígnio da internacionalização com presença no país vizinho.

No final de 2017 a empresa contava com um total de 373 colaboradores. De referir ainda que a construção do novo módulo da fábrica de Serpins deve estar concluído em julho, estando previsto que entre em funcionamento em setembro. Com esta nova infraestrutura, a EFAPEL pretende responder ao aumento da procura dos seus produtos.