Futebol: Académica escolhe Quim Machado para lutar pela subida

/, Desporto/Futebol: Académica escolhe Quim Machado para lutar pela subida

O treinador Quim Machado é o novo técnico da Académica, substituindo Ricardo Soares que, no sábado à noite, rescindiu por mútuo acordo com o clube de Coimbra. Apresentado na segunda feira, o novo treinador disse que é “uma honra treinar um clube com esta história e que é de todos os portugueses”. Apesar de não ser um trabalho fácil, promete tudo fazer para “colocar a Académica na I Liga” nas próximas sete jornadas.

Depois de agradecer publicamente a Ricardo Soares pelo “profissionalismo e pela forma como lutou por esta casa”, o presidente da Académica, Pedro Roxo, deixou claro que os objetivos continuam a ser os mesmos, ou seja, “continuar a lutar pela subida de divisão”.

Profundo conhecedor do campeonato onde a Académica está inserida, Quim Machado chega à Briosa acompanhado pelo adjunto Hélder Moreira, que se junta a Vítor Vinha e a Vítor Alves na equipa técnica”, refere a “Briosa” em comunicado publicado na sua página do facebook.

O técnico, de 51 anos, que já treinou o Feirense, Desportivo de Chaves, Tondela, Vitória de Setúbal e Belenenses, torna-se no terceiro treinador da época no clube dos “estudantes” nesta época. Quim Machado conta com duas subidas à I Liga no seu currículo, primeiro no Feirense, na época 2010/11, e depois no Tondela, em 2014/15, onde se sagrou campeão da II Liga. Ao nível internacional, conta com passagens pelo Lechia Gdansk, da Polónia, e no Al-Batin, da Arábia Saudita, do qual se tinha desvinculado em fevereiro.

O novo treinador da Académica iniciou funções logo na segunda feira e vai estrear-se no comando da equipa no jogo de amanhã (7 de abril), frente ao Nacional, que lidera atualmente a tabela classificativa, com 56 pontos, mais cinco que a “Briosa”. O encontro está marcado para as 11h15, no Estádio da Madeira, e conta para a 32.ª jornada da Ledman LigaPRO.

De referir que a rescisão entre a Académica e Ricardo Soares ocorreu depois da derrota de sábado na receção à Oliveirense, por 2-0, que pode ter comprometido as aspirações de subida à I Liga. Com este desaire, o terceiro em casa na segunda volta, os “estudantes” afastaram-se dos lugares do topo, ficando em quinto lugar, quando faltam disputar sete jornadas.

Ricardo Soares tinha substituído, em 14 de novembro, o técnico Ivo Vieira, que se transferiu para o Estoril Praia, da I Liga, depois de ter iniciado a temporada ao serviço da Académica.