73 praias do Centro de Portugal vão exibir bandeiras azuis

/, Coimbra, Região/73 praias do Centro de Portugal vão exibir bandeiras azuis

As praias do Centro de Portugal vão exibir, nesta época balnear, 73 bandeiras azuis. A Associação Bandeira Azul da Europa reconhece, desta forma a qualidade das águas desta região, onde se encontra o maior número de praias fluviais galardoadas. Mira volta a fazer história, sendo a única praia do mundo que recebe esta distinção desde a sua criação, há já 32 anos.

A qualidade das praias do Centro do país volta a ser reconhecida pela Associação Bandeira Azul da Europa (ABAE). A lista foi divulgada na passada sexta feira e integra 73 praias do Centro, das quais 49 costeiras e 24 interiores (fluviais), sendo nesta região que se encontra o maior número de praias fluviais galardoadas, num reconhecimento que atesta a “qualidade irrepreensível” das suas águas.

De acordo com os dados divulgados, 332 praias nacionais vão hastear a bandeira azul, sendo que destas 22 por cento localizam-se no Centro. Já a nível das praias fluviais, das 33 distinguidas 24 estão neste território. A praia de Mira merece um destaque especial, uma vez que é a única do mundo que se orgulha de ostentar este galardão desde a sua criação, em 1987, há precisamente 32 anos. Este ano há ainda um reconhecimento especial para o Argus, embarcação de ecoturismo sediada na Nazaré, que conquistou o galardão.

A cerimónia oficial do hastear da primeira Bandeira Azul de 2018 está marcada 1 de junho, na praia da Torreira, no concelho da Murtosa.

Esmoriz, Cortegaça, São Pedro de Maceda, Furadouro e Torrão do Lameiro (Ovar); Torreira, Monte Branco e Bico (Murtosa); São Jacinto (Aveiro); Barra e Costa Nova (Ílhavo); Vagueira e Areão (Vagos); Poço da Cruz e Praia de Mira (Mira); Praia da Tocha (Cantanhede); Quiaios, Buarcos, Figueira da Foz-Relógio, Cova Gala e Leirosa (Figueira da Foz); Osso da Baleia (Pombal); Pedrógão (Leiria); Paredes de Vitória e São Martinho do Porto (Alcobaça); Nazaré (Nazaré); Praia do Mar e Foz de Arelho-Lagoa (Caldas da Rainha); Baleal Norte, Baleal Sul, Cova da Alfarroba, Gambôa, S. Bernardino, Medão-Supertubos e Consolação (Peniche); Areia Branca, Areia Sul e Porto Dinheiro (Lourinhã); Santa Rita Norte, Santa Rita Sul, Navio, Mirante, Pisão, Física, Santa Helena, Centro, Formosa, Azul e Porto Novo (Torres Vedras) são as praias costeiras do Centro de Portugal que vão ostentar a bandeira azul.

No mesmo território, este galardão vai ser hasteado também nas praias fluviais de Quinta do Barco (Sever do Vouga); Lapa dos Dinheiros e Loriga (Seia); Alvôco das Várzeas (Oliveira do Hospital); Piódão, Côja e Secarias (Arganil); Peneda e Canaveias (Góis); Vimieiro e Reconquinho (Penacova); Senhora da Graça, Bogueira e Senhora da Piedade (Lousã); Louçainha (Penela); Palheiros e Zorro (Coimbra); Valhelhas (Guarda); Pampilhosa da Serra, Pessegueiro e Santa Luzia (Pampilhosa da Serra); Bostelim (Vila de Rei); Carvoeiro (Mação); Aldeia do Mato (Abrantes) e Agroal (Ourém).

Recorde-se que esta atribuição tem por base os critérios definidos pelo programa Bandeira Azul, que têm por base a informação e educação ambiental; a qualidade da água; a gestão ambiental e equipamentos; e segurança e serviços.