FESTAME vai animar a Mealhada de 8 a 16 de junho

/, Região/FESTAME vai animar a Mealhada de 8 a 16 de junho

Fafá de Belém, Diogo Piçarra e Matias Damásio são os cabeças de cartaz da FESTAME, feira que vai animar a Mealhada de 8 a 16 de junho. Durante os nove dias de festa, o Complexo Desportivo da Mealhada vai apresentar-se com novas áreas e ainda mais atrativa.

O cartaz de espetáculos é uma das grandes atrações, ao reunir artistas de três continentes: Fafá de Belém, que vem do Brasil para atuar numa terra profundamente ligada àquele país (o carnaval luso-brasileiro da Bairrada realiza-se na Mealhada); Matias Damásio, que vem de Angola para encerrar o cartaz de animação da feira com os sons africanos; e Diogo Piçarra, Paulo Sousa, be-dom, Pama, Átoa, Rui Drumond, Rouxinol Faduncho e Cuca Roseta, que irão representar a melhor música portuguesa da atualidade.

A FESTAME terá ainda uma Gala das Escolíadas, que irá envolver mais de mil jovens dos distritos de Aveiro, Coimbra e Viseu. Destaque ainda para o concurso de bandas, que vai trazer ao palco os novos valores da música portuguesa e que terá como primeiro prémio a gravação de um disco, a pós-graduação em Gestão nas Indústrias da Música e quinhentos euros.

A próxima edição surge ainda com muitas novidades, a começar pelo recinto, junto ao Complexo Desportivo da Mealhada, que foi reestruturado de forma a criar uma área de street food e que terá também uma fun zone que transmitirá os jogos do Campeonato Mundial de Futebol, que se inicia a 14 de junho e inclui o jogo estreia de Portugal, dia 15 de junho, num ambiente de festa criado pela Sagres (cerveja oficial). No final da FESTAME a fun zone passará para o jardim frente à Câmara Municipal da Mealhada até final da competição.

A área infantil vai apresentar-se também reforçada, com diferentes propostas para as crianças, e haverá ainda um terceiro palco, junto à street food, dedicado ao karaoke. O palco 2, como habitualmente, está reservado para as coletividades e grupos do concelho, com propostas tão diversificadas como o folclore, os coros, filarmónicas ou escolas de samba.

Com todas estas propostas, a comissão organizadora da FESTAME acredita estarem criadas condições para garantir uma maior atratividade ao recinto e potenciar as visitas aos setores de exposição comercial, industrial, agrícola, automóvel, à área de artesanato e à de gastronomia local, a cargo das instituições particulares de solidariedade social do município, que totalizam mais de uma centena de espaços.

Como habitualmente, o acesso ao recinto e aos espetáculos será gratuito. A Câmara Municipal da Mealhada mantém este aspeto diferenciador das restantes feiras/festas da região, procurando que estes dias, além de potenciarem a economia local, sejam de encontro e de festa tanto para a população como para os milhares de visitantes aguardados no evento.

Temos bons pretextos para que as pessoas visitem a feira e possibilitem bons negócios aos expositores”, disse o presidente do Município, Rui Marqueiro, na segunda feira, durante a apresentação do evento. O autarca destacou o “equilíbrio do programa” e deixou um convite a todos para que visitem o espaço, “seja para assistir aos espetáculos ou apenas para saborear uma sande de leitão acompanhada de uma taça de bom espumante”.