André Pedrosa e Daniel Moniz vão representar Portugal no no Euroskills

/, Coimbra/André Pedrosa e Daniel Moniz vão representar Portugal no no Euroskills

André Pedrosa, de 20 anos, e Daniel Moniz, de 19, são os dois formandos do Centro de Emprego e Formação Profissional de Coimbra que vão representar Portugal no Euroskills – Campeonato Europeu das Profissões, que vai decorrer, de 25 a 29 de setembro, em Budapeste, na Hungria.

Os dois jovens receberam, na segunda feira, um diploma de mérito e reconhecimento pelas medalhas de ouro conquistadas, respetivamente nas categorias de Soldadura e de Cabeleireiro, no campeonato nacional, que decorreu de 25 de fevereiro a 2 de março, em Beja.

Para nós é um motivo de grande orgulho o desempenho que tiveram no Campeonato Nacional das Profissões porque espelha o vosso talento e trabalho, assim como demonstra também a qualidade dos nossos formadores e o trabalho que o Centro desenvolve a nível da formação”, enalteceu António Francisco, diretor do Centro de Emprego e Formação Profissional de Coimbra. Desejou, ainda, “boa sorte” aos jovens neste Campeonato Europeu e, acima de tudo, “na sua vida pessoal e profissional”.

Sónia Pinto, diretora-adjunta do Centro, aconselhou os jovens a serem “resilientes e não desistirem”, alertando-os para os “momentos de grande tensão” que irão viver e onde “o autocontrolo é fundamental para marcar a diferença”. “Nunca desistam e representem bem o nosso país e o Centro de Emprego e Formação Profissional de Coimbra”, pediu.

André Pedrosa, aluno do Curso de Soldadura, mostrou-se muito satisfeito com a medalha de ouro conquistada no Campeonato Nacional, “passaporte” para o Campeonato Europeu das Profissões. Considera que esta é “uma experiência completamente nova, que abre novos desafios e permite conhecer outras culturas”.

Logo após a entrega dos diplomas, o formando viajou para a China, onde está a participar até segunda feira, juntamente com o seu formador, Álvaro Santos, num campeonato internacional de soldadura, que serve de preparação para o Campeonato Europeu das Profissões. Este jovem já concluiu o seu curso de Soldadura em setembro de 2017 e está a trabalhar numa empresa no ramo.

Daniel Moniz, que termina o curso de Cabeleireiro este ano, previsivelmente em agosto, tem também grandes expetativas em relação a esta prova europeia. “Espero ficar em primeiro lugar. Tenho trabalhado para isso, consciente de que é uma grande responsabilidade representar o país num campeonato desta dimensão”, afirmou.

Os dois formandos vão integrar a comitiva de cerca de 600 jovens profissionais altamente qualificados, oriundos de 28 países que irão participar, previsivelmente, em 40 profissões, provando que o seu conhecimento e talento é verdadeiramente benéfico para a economia europeia.

Os campeonatos das profissões são competições dirigidas a jovens entre os 17 e os 25 anos, que concluíram ou se encontram a frequentar um percurso de qualificação, em modalidades de educação e formação profissional. Visam demonstrar o nível individual de competências, rigor e domínio de técnicas e de ferramentas para o exercício de cada profissão a concurso, através da realização de provas práticas de desempenho avaliadas segundo critérios exigentes e de acordo com prescrições técnicas estabelecidas internacionalmente por júris compostos de peritos altamente qualificados (formadores, profissionais, empresários).