Encontro de Culturas promove integração em Tábua

/, Região/Encontro de Culturas promove integração em Tábua

O Município de Tábua realiza, de hoje a domingo (8 a 10 de junho), o IV Encontro de Culturas, evento que vai promover, no Jardim Sarah Beirão, o convívio e a integração da cultura portuguesa e de várias outras nacionalidades presentes no concelho.

Com esta atividade, a autarquia pretende “sensibilizar para a existência de uma comunidade estrangeira, promover a socialização das comunidades imigrantes e também a sua integração social, cultural e linguística, bem como promover o enriquecimento e o desenvolvimento cultural”.

Os cidadãos que residem no concelho e na região, das mais diversas nacionalidades, vão poder desfrutar, nestes três dias, de diversas atividades culturais, sociais e económicas, através da exposição de produções artísticas como pintura, fotografia, artesanato e escultura, num programa que conta ainda com animação cultural e musical.

De acordo com Mário Loureiro, presidente da Câmara Municipal de Tábua, “a comunidade estrangeira no concelho é muito significativa, perfazendo quase 10 por cento da população total”, assumindo-se assim este Encontro de Culturas como “uma oportunidade de reconhecer o investimento que fazem em Tábua e o terem escolhido este território para viver”. No seu entender, este é “um evento de referência, com muita animação e alegria, com troca de experiências entre todos, tabuenses e comunidade imigrante”, e que conta com uma programação que reflete as vivências destes emigrantes no concelho, ao incluir serviços, atividades, produtos e a gastronomia típica desses países.

O IV Encontro de Culturas começa hoje, às 19h00, com a sessão de abertura no Centro Cultural, seguida do Spring Festival. Neste primeiro dia há ainda serão de contos e as atuações de Carlos Marques e Daytay. Amanhã e domingo o programa começa às 12h00 e vão passar pelo Jardim Pedro Neves (‘stand up’), Ús Sai de Gatas, Ana Arrebentinha (‘stand up’) e Kafe Pa 3, entre muitas outras atrações, como os habituais locais de ‘street food’, os espaços dedicados à animação infantil e os diversos ateliês. A entrada é gratuita.