Artesanato e gastronomia animam Parque Verde de S. Facundo

/, Coimbra/Artesanato e gastronomia animam Parque Verde de S. Facundo

Artesãos, coletividades e instituições voltam a reunir-se no Parque Verde de S. Facundo, para mais uma grande Mostra de Artesanato. Promovida pela União de Freguesias de Antuzede e Vil de Matos, esta iniciativa mostra todo o potencial da freguesia, num programa que, de hoje a domingo (13 a 15 de julho), aposta na diversidade para atrair os visitantes.

O Parque Verde de S. Facundo, na União de Freguesias de Antuzede e Vil de Matos, transforma-se, de hoje a domingo, num ponto de paragem obrigatória para quem aprecia o artesanato e a gastronomia e gosta de desfrutar de agradáveis momentos musicais e de convívio em plena natureza.

A Mostra de Artesanato, que vai já na 13.ª edição, regressa hoje a este belo espaço com todos os atrativos que lhe são habituais e que todos os anos atraem ao recinto milhares de visitantes.

Artesanato, gastronomia, doces regionais, folclore e muitos espetáculos musicais são as propostas para estes três dias. De acordo com Diamantino Jorge, presidente da UF, a feira vai contar com a presença de mais de 40 artesãos, um número condicionado pela dimensão do parque e que obriga a que, todos os anos, algumas inscrições continuem a ficar em lista de espera. São, sobretudo, artistas da freguesia, mas também do concelho e da vasta região, segundo adianta o autarca.

Apesar da feira começar hoje, o artesanato vai ter o seu expoente máximo apenas no domingo, com a exposição a realizar-se nesse dia. Diamantino Jorge explica que “poderá haver um ou outro artesão presente nos três dias”, mas a Mostra de Artesanato propriamente dita irá continuar a realizar-se apenas no domingo, enquanto a organização não conseguir garantir todas as condições logísticas e de segurança para que se possa prolongar pelos três dias.

Esse problema já não se coloca com o setor da doçaria regional e da gastronomia, com as seis tasquinhas presentes a convidarem população e visitantes a fazerem as suas refeições no parque de hoje a domingo. Tal como tem sido habitual, as tasquinhas são asseguradas pelas coletividades e instituições da UF, que enriquecem a feira com uma oferta diversificada, que dá particular destaque aos pratos típicos da região, como o famoso leitão, a chanfana, as enguias fritas e o sempre apetecível arroz doce.

A gastronomia está a cargo das nossas coletividades que, dessa forma, angariam também alguma receita própria e mostram o que tão bem sabem fazer”, realça o autarca.

Três dias de convívio em plena natureza

Para Diamantino Jorge, a Mostra surge, acima de tudo, como “uma oportunidade para as pessoas passarem um bom dia, apreciarem o artesanato, usufruírem de uma boa refeição, assistirem a bons momentos musicais e desfrutarem do aprazível parque”. Realça todas as potencialidades do Parque Verde de S. Facundo, uma “área verde muito agradável, com muita sombra, de passagem”, onde os visitantes podem desfrutar, nestes três dias, “não só da natureza mas também de todos os atrativos que a feira reúne”.

Queremos mostrar para fora aquilo que fazemos cá dentro e dar a conhecer o trabalho das nossas coletividades nestes três dias de convívio e partilha. Espero que as pessoas adiram em massa, como tem sido habitual, e que nos visitem”, convida.

O programa abre hoje com animação musical. A Escola de Cavaquinhos da freguesia atua às 21h30, seguindo-se a apresentação dos Ama Folk às 22h30 e o espetáculo da Banda Hit às 23h30. A noite segue com o Dj MC Bastez, a partir das 02h00.

Amanhã, às 21h30, as crianças do ATL “Estrelinhas” apresentam o musical “E depois do adeus” e, às 23h30, há espetáculo com a Banda Ira. A animação segue pela noite fora com o Dj CAT.

No domingo, às 9h00, abre a XIII Mostra de Artesanato e, durante o dia, decorre um vasto programa cultural e de animação, onde se destacam as atuações da Secção de Ginástica e Zumba do Centro Social e Recreativo da Cidreira (15h45), do Kempo de Vil de Matos (16h45), do Rancho Folclórico “As Tricanas de S. Silvestre” (17h30) e do Grupo de Danças e Cantares da Cidreira (18h30). Ao final da tarde, às 19h30, atua o Duo J&V. O certame encerra às 22h30.