Delta Cafés junta-se a parceiros internacionais para apoiar produtores

/, EMPRESAS/Delta Cafés junta-se a parceiros internacionais para apoiar produtores

A Delta Cafés juntou-se à International Coffee Partners (ICP), uma associação que há quase 17 anos tem abordado questões relevantes que afetam os pequenos produtores de café, as suas famílias e comunidades.

Fundada em 2001, inicialmente pela Tchibo, Lavazza, Paulig, Löfbergs e pela Neumann Kaffee Gruppe, surgiu com o objetivo de abordar e dar resposta a questões com que se deparam os pequenos agricultores, de forma a garantir o futuro do café. A Joh. Johannson junta-se em 2011 e a Franck em 2014, vindo reforçar ainda mais o trabalho desenvolvido pelo ICP junto do setor do café, que tem um impacto em mais de 74 mil famílias de agricultores, em mais de 12 países, como Uganda, Indonésia, Brasil e Honduras.

A Delta Cafés junta-se agora a estes parceiros internacionais e, de acordo com a empresa, pretende “reforçar, através do seu expertise, o trabalho deste organismo junto setor”.

Em nota divulgada, a Delta Cafés explica que o trabalho desenvolvido pelo ICP consiste em “assegurar as perspetivas dos meios de subsistência das famílias produtoras de café e seus descendentes, à medida que novos produtores são impactados por diversas formações que vão desde o desenvolvimento organizacional, aos sistemas agrícolas e às oportunidades empresariais”.

É com muito orgulho que a International Coffee Partners acolhe a Delta Cafés na sua família. Com a entrada da Delta Cafés podemos continuar a implementar, desenvolver e amplificar projetos de melhores práticas com pequenos produtores em todo o mundo”, sublinha a presidente do ICP, Kathrine Löfberg, dando conta que “a empresa tem um longo historial de apoio ao desenvolvimento da sociedade em Portugal e no estrangeiro, onde foram implementados projetos com comunidades de produtores em Angola e Timor Leste”. Adianta ainda que “experiências relacionadas com o progresso junto de comunidades agrícolas e a educação de crianças estarão disponíveis para desenvolver ainda mais as abordagens do ICP”.

Fundada em 1961, a Delta Cafés começou com um pequeno armazém de 50 metros quadrados e cresceu para se tornar na empresa mais reconhecida de café em Portugal. Une-se agora à ICP enquanto parceira e, em cooperação com os outros membros, trabalhará em conjunto para continuar a longa história da instituição “em colocar o agricultor em primeiro lugar”, trabalhando lado a lado com os produtores, comunidades e parceiros.

Na Delta Cafés temos muito orgulho em fazer parte da família ICP. Desde o momento que em que conhecemos o seu trabalho percebemos que este é um projeto que possui os valores próprios da família, o cuidado com a sociedade e o cuidado com o café. Ao longo de décadas, a Delta tem investido em muitos projetos que são socialmente responsáveis, quer em Portugal ou em outros territórios internacionais. Estamos comprometidos e empenhados no progresso da nossa indústria, bem como no bem-estar da sociedade”, realça Rui Miguel Nabeiro, administrador do Grupo Nabeiro-Delta Cafés.

Esta parceria entrou em vigor a 1 de julho e visa ajudar os pequenos produtores de café em todo o mundo a melhorar a sua competitividade e o futuro das suas famílias promovendo práticas sustentáveis, como é objetivo da ICP, que inclui sete importantes empresas de café pertencentes a famílias europeias (Franck, da Croácia; Joh. Johannson, da Noruega; Lavazza, da Itália; Löfbergs, da Suécia; Neumann Kaffee Gruppe, da Alemanha; Paulig, da Finlândia e Tchibo da Alemanha).