Águas de Coimbra quer que a água da torneia ande na “mão” de todos

/, Coimbra, EMPRESAS/Águas de Coimbra quer que a água da torneia ande na “mão” de todos

Trazer a água da torneira sempre consigo!” é o mote da Águas de Coimbra (AC) para o Dia Nacional da Água, que se comemora na segunda feira, 1 de outubro. Esta efeméride fica ainda marcada pela inauguração da exposição “Grãos de Mar – Lugar de Identidade e Memória”, no Museu da Água.

Desde que foi apresentada, a 22 de março, Dia Mundial da Água, a garrafa reutilizável da AC já chegou a mais de 20.000 pessoas. De acordo com a empresa municipal, esta campanha que incentiva o consumo da água da torneira tem sido um sucesso, tendo sido várias unidades vendidas no Museu da Água e muitas mais distribuídas nas escolas, clubes desportivos, torneios e eventos.

A AC tem-se associado às mais diversas iniciativas de cariz ambiental e a eventos desportivos, reforçando assim esta campanha com a oferta de garrafas reutilizáveis e a instalação de pontos de abastecimento de água.

O design da garrafa é uma interpretação da ânfora, antigo objeto de cerâmica que outrora serviu para o transporte de água e outros líquidos. “O facto de possibilitar a portabilidade da água da torneira são argumentos fortes numa cidade como Coimbra, em que 90 por cento das pessoas assumem que bebem água da torneira com toda a confiança”, refere a empresa municipal.

O estudo ECSI (Índice Nacional de Satisfação dos Consumidores) confirma a qualidade da água que é distribuída em Coimbra para consumo humano. De referir também as cerca de 550 análises que são realizadas mensalmente à água e que atestam precisamente essa qualidade.

Mas, para além de permitir que a população possa andar sempre com água da torneira na mão, a nova “ânfora” da AC transporta, também, uma importante mensagem ambiental. “Sendo a água o recurso natural mais ameaçado, entre outros fatores, pela forte poluição dos rios, mares e oceanos causada pelo desperdício de plástico, a Águas de Coimbra está a contribuir para hábitos de consumo sustentáveis através da reutilização da garrafa da água”, assevera a empresa municipal.

Grãos de Mar – Lugar de Identidade e Memória”

Para além da promoção das garrafas reutilizáveis, a AC assinala o Dia Nacional da Água com a exposição “Grãos de Mar – Lugar de Identidade e Memória”, exposição e instalação artística que vai ser inaugurada na segunda feira, às 18h00, no Museu da Água de Coimbra.

Da autoria de Adriana Moreno Rangel, esta instalação propõe uma experiência sensorial, através da arte digital interativa, em que o mar é evocado como elemento de referência da nossa identidade e memória.

Adriana Moreno Rangel desenvolve experiências artísticas em Portugal e no Brasil. Atualmente, colabora com os projetos “ARTiVIS – Artes, Vídeo em Tempo Real e Interatividade para a Sustentabilidade” e “Plasticus Maritimus”, com o objetivo de promover aquilo que define como arte de ativismo, sustentabilidade e intervenção.