100 Anos do Despertar

/100 Anos do Despertar

1990-1999: Populações anseiam pelo Metropolitano Ligeiro de Superfície

O Metropolitano Ligeiro de Superfície está no centro do debate. Os concelhos da Lousã, Miranda do Corvo e Coimbra anseiam por o ver nos carris mas, apesar de todos os anúncios, ao longo destes dez anos não há avanços significativos a registar. Enquanto se aguarda, Coimbra vai avançando com novos projetos e melhoramentos. Fala-se da recuperação de Celas, Almedina e do Mosteiro de Santa Clara-a-Velha; a Quinta das Lágrimas vira unidade hoteleira; e a construção

2000-2009: Grandes obras impulsionam Coimbra

Inaugurações e melhoramentos marcam os primeiros anos do século XX. De 2000 a 2009 muito há a destacar na cidade. O Mosteiro de Santa Clara-a-Velha abre requalificado, é inaugurado o Estádio Municipal ao som dos Rolling Stones, o novo Pediátrico ganha vida e já se circula na Ponte Europa. A nível comercial, abre o Retail Park de Eiras, o Dolce Vita e o Fórum. A cidade conta também com dois novos museus – o da

2010-2016: Universidade de Coimbra classificada como património da Humanidade

A classificação da Universidade de Coimbra como património da Humanidade pela UNESCO foi um dos acontecimentos que marcou os últimos anos, trazendo muitos benefícios para a cidade, nomeadamente a nível do turismo. De 2010 até ao ano passado, a cidade assistiu também à abertura de novos espaços culturais, como a Casa das Artes, a Casa da Escrita e o Convento São Francisco. A nível desportivo, foi simultaneamente um período de vitórias e de derrotas para a Académica – com a