OPINIÃO

/OPINIÃO

“Caminho Marítimo para as Índias” do Espírito

A verdadeira reforma não surge exclusivamente de crenças, ideologias ou sistemas de governo humanos. Nasce no Mundo (ainda) Invisível, a Pátria de onde todos viemos e para a qual retornaremos, sem exceção. Dessa revolução permanente participam milhões e milhões de Espíritos aguerridos, mas de coração sublimado. Eles devem ser escutados, pois nos falam da experiência de outras existências, que premiam o correto esforço com o prémio da

À Saudade…

Se me perguntassem o que é a vida, responderia que a entendo como um constante desenrolar de sentimentos, que o próprio Homem vai decifrando e vivendo ao longo de cada capítulo que vai abrindo. Qualquer momento se sente, seja este vulgar ou singular, fazendo que a alma brote de sentimentos que cada indivíduo vive à sua maneira. Entre todas as mágoas da tristeza, entre toda a fúria da ofensa, de todos os sorrisos

TESTEMUNHOS. Futebol D’a Minh’Alma

Os acontecimentos ocorridos, e que ainda acontecem, em redor de um dos clubes, designados por «Grandes», no nosso país, não podem calar a minha indignação. São graves, indiciadores de terrorismo clubista, indo muito além da tal paixão exacerbada existente no futebol. Não foi nada que muitos não tenham previsto, dado o comportamento agressivo das autoproclamadas «claks» e a impunidade que os «Três Grandes», em simpatizantes e adeptos, sempre usufruíram. São

D. Pedro e Inês: Amor intemporal

O romance trágico de amor entre Pedro e Inês é uma marca de Coimbra. Faz parte da sua História e das suas estórias, tem um território mental e espacial que nos projeta não só para a cidade – Quinta das Lágrimas e Fonte dos Amores, para o desaparecido Paço Real, para Santa Clara – mas também para outras povoações como Cantanhede, Canidelo, Bragança ou Lisboa. É uma história intemporal, a

Poções e Paixões

Podemos imaginar que a vida é uma Ópera em que um número astronómico de moléculas e iões contracenam para desencadear uma experiência única na história do planeta: a humanidade. Esta ideia é inspirada e fundamentada pela leitura de um livro que deve fazer parte de todas as bibliotecas portuguesas, públicas (incluindo as dos Conservatórios e Escolas de Música) e privadas: “Poções e Paixões – Química e Ópera”. É um livro magistralmente composto pelo

Mulheres que se agigantam

Há na pintura de Ana Sequeira Turner uma espécie de odes de fogoso romantismo como trabalha o cromatismo e transmite a mensagem poética dos temas que se servem das ideologias e dos sistemas do pensamento de Proudhon, a pintora que é pedagoga e escritora, casada com o escultor Turner, ambos têm feito carreira nas suas áreas pela Europa de uma dimensão robusta, significativa e muitas vezes premiada. Ana Sequeira já esteve

Expectativas

A expectativa é a mãe de muitas trapalhadas. Desgostos. Fugas de energias. Confusões. Desânimo. Deceções. Encrencas… A expectativa é filha da ilusão. Do controle. Da manipulação. Da não aceitação. Do comando. Da negação da liberdade do outro. Da atitude de falsa proteção, nascido no “Quero, posso e mando”. Da previsão do que vai acontecer… A expectativa gera cobrança. Irritação. Descontentamento. Discussão.

TODA A CRIANÇA – TODAS AS CRIANÇAS SÃO O MELHOR DO MUNDO

Todas as CRIANÇAS são o melhor do Mundo e hoje em muitos países, incluindo Portugal, é assinalado o DIA MUNDIAL DA CRIANÇA. É certo que alguns países dão um enfoque especial à comemoração da data em que foi assinada, há poucos anos, a CONVENÇÃO INTERNACIONAL DA CRIANÇA. E tanto tempo demorou. Os DIREITOS UNIVERSAIS DAS CRIANÇAS foram, contudo, fixados muito antes, em 1959. As crianças devem merecer a nossa melhor atenção ao longo dos 365

Nas Margens do Ceira

A Ceirarte, na sua vigésima sétima edição, decorre nos dias 31 de maio, 1, 2 e 3 de junho. Não é ousado afirmar-se que este certame foi pioneiro nesta região de alguns outros, congéneres, que noutras localidades vêm tendo lugar. A Ceirarte conserva muitos dos princípios que estiveram na origem da sua criação num envolvimento artesanal, social, desportivo e recreativo, numa ação global que se traduz na

NOTA DE RODAPÉ

O DIA DA CRIANÇA – ENTRE A ESPERANÇA E A DESILUSÃO O Dia Internacional da Criança foi criado em 1950, pela Federação Democrática Internacional das Mulheres e a ONU, no ambiente pós-II Guerra Mundial, para sensibilizar a comunidade global para os problemas que atingiam tantas crianças – tentativa de salvar as crianças das ameaças