Região

/Região

Montemor: Balcão Único Móvel aproxima serviços dos cidadãos

A Câmara Municipal de Montemor-o-Velho acaba de lançar um serviço inovador que visa aproximar os serviços dos cidadãos. Sob o mote “Montemor-o-Velho + perto de si”, o Balcão Único Móvel esteve no sábado em Pereira, onde atendeu os primeiros munícipes. Este é um projeto inovador que só foi possível implementar porque está a ser feita uma forte aposta na desmaterialização. Queremos fazer um atendimento assistido e, por

Mira elege propostas do Orçamento Participativo

Já está a decorrer a votação para a 4.ª edição do Orçamento Participativo (OP) da Câmara Municipal de Mira. Até 5 de fevereiro, os munícipes são chamados a escolher uma das cinco propostas, oriundas de diferentes freguesias do concelho e com áreas de intervenção bastante diferenciadas. Abrigo de Carinho”, que propõe a construção de um novo abrigo com melhores condições;

OP de Condeixa aposta na melhoria de alguns espaços coletivos

A melhoria e beneficiação do espaço da Associação Desportiva Recreativa e Cultural do Avenal, na Freguesia do Sebal, e o melhoramento do campo de jogos (anexo à Escola) de Condeixa-a-Velha foram os projetos vencedores do Orçamento Participativo (OP) de Condeixa-a-Nova. No total, foram apresentadas 11 propostas, seis ao OP Jovem e cinco ao OP Geral, mas apenas quatro reuniam os critérios necessários e foram admitidas pelo júri

“Biblio_e_cidadani@” leva cultura e afetos às freguesias de Penacova

O serviço “Biblio_e_cidadani@” circula, há cerca de três meses, pelas freguesias do concelho de Penacova, levando cultura e serviços mas transportando também afetos às pessoas que estão mais isoladas. Implementado em 5 de outubro de 2017, o “Biblio_e_cidani@” é um serviço de aproximação ao munícipe que tem como objetivo levar os serviços do Balcão Único de Atendimento aos cidadãos e divulgar o livro e a leitura,

Câmara de Cantanhede vai atribuir 12 bolsas a universitários

A Câmara Municipal de Cantanhede vai atribuir 12 bolsas de estudo a estudantes do concelho que frequentam o ensino superior. O período de candidaturas decorre até 31 de janeiro, na Divisão de Educação e Ação Social da autarquia. À semelhança dos anos anteriores, são 12 as comparticipações sociais que o Município se propõe atribuir para apoiar os alunos dos cursos superiores oriundos de agregados familiares com menores recursos a suportarem os

Poiares aprova Orçamento que aposta na reconstrução

A Assembleia Municipal de Vila Nova de Poiares aprovou, em sessão extraordinária, a proposta de Orçamento e Grandes Opções do Plano para 2018, com os votos favoráveis da maioria socialista e do membro do CDS-PP e a abstenção dos cinco membros do PSD. Com o valor global de 10.304.617euros, o Orçamento para 2018 é, de acordo com o presidente da Câmara Municipal, João Miguel Henriques, “muito condicionado

Expofacic volta a agitar Cantanhede de 26 de julho a 5 de agosto

Cantanhede prepara já a XXVIII edição da Expofacic, certame que vai agitar o concelho de 26 de julho a 5 de agosto. A data do evento foi aprovado a 19 de dezembro, em reunião do executivo da Câmara Municipal de Cantanhede, que deliberou também a constituição da equipa responsável pela organização, cujo núcleo duro, de resto, já há algum tempo está a trabalhar na elaboração do programa, entre outros aspetos.

Condeixa propõe teatro para todos os públicos

O Município de Condeixa-a-Nova propõe, de 13 de janeiro a 24 de fevereiro, 11 espetáculos de teatro. Trata-se da terceira edição do Festival Deniz-Jacinto, que vai apresentar, no Cine-Teatro de Condeixa, uma programação eclética, destinada a todos os públicos. Promovido pela Câmara, este evento foi lançado em 2015 para homenagear um dos mais importantes teatrólogos portugueses, Manuel Deniz-Jacinto, nascido na vila de Condeixa a 8 de janeiro de 1915.

Imóveis da Lousã afetados pelos incêndios isentos de IMI

Os imóveis do concelho da Lousã que foram, parcial ou totalmente, afetados pelos incêndios de 15 de outubro não vão pagar o Imposto Municipal sobre Imóveis (IMI). Por proposta da Câmara da Lousã, a Assembleia Municipal aprovou, por unanimidade, a isenção deste imposto para este ano de 2018. De acordo com a autarquia, esta medida tem como objetivo “aliviar a carga fiscal e desonerar as pessoas afetadas