Saúde

/Saúde

Cerca de um em cada 100 bebés nasce com uma anomalia cardíaca congénita

Está a decorrer nos EUA um ensaio clínico que pretende determinar se a utilização de células estaminais do sangue do cordão umbilical poderá ser útil no tratamento da síndrome da hipoplasia do coração esquerdo. O procedimento envolve a criopreservação das células estaminais do sangue do cordão umbilical da criança, recolhidas à nascença, para posterior aplicação direta no músculo cardíaco. O atual tratamento desta patologia envolve três cirurgias

Especialistas ajudam famílias a lidar com cancro infantil

O Hospital Pediátrico de Coimbra acolhe amanhã (24 de fevereiro), a partir das 10h00, o 4.º Seminário de Oncologia Pediátrica. Promovido pela Fundação Rui Osório de Castro (FROC), este evento destina-se a pais, familiares e amigos das crianças e adolescentes com cancro, bem como a todos os interessados nesta temática. Os principais especialistas na área do cancro infantil vão analisar temáticas relevantes como o papel dos

Reabilitação cardíaca ajuda a salvar vidas

Só oito por cento dos doentes com enfarte fazem reabilitação cardíaca. Numero que fica muito aquém do desejado, já que esta prática ajuda a salvar vidas. No âmbito do Dia Nacional do Doente Coronário, que se comemorou a 14 de fevereiro, a Fundação Portuguesa de Cardiologia (FPC) alertou para a importância desta prática que “reduz a mortalidade e futuras complicações cardiovasculares, melhora a qualidade de vida,

Coimbra: Rastreio do cancro da mama em Celas até junho

As utentes do Centro de Saúde de Celas, em Coimbra, podem participar no programa de rastreio do cancro da mama que o Núcleo Regional do Centro da Liga Portuguesa Contra o Cancro (NRC-LPCC) aí está a promover até junho. O NRC-LPCC lança um apelo às mulheres com idades compreendidas entre os 50 e os 69 anos para que participem e lembra que quem tem inscrição atualizada no

Portugueses negligenciam cuidados auditivos

Apenas seis por cento dos residentes em Coimbra fazem consultas de rotina aos ouvidos. Um estudo realizado pela GAES – Centros Auditivo revela que, no distrito, mais de oito em cada dez pessoas (84 por cento) vão ao médico otorrinolaringologista apenas quando existe um problema, percentagem que torna este o distrito onde o cuidado com a saúde auditiva é mais negligenciado. Com este estudo, a GAES

Nova campanha da APAV alerta para violência no namoro

Dá o clique, fala com a APAV” é o mote da campanha que foi lançada na quarta feira, Dia dos Namorados, pela Associação Portuguesa de Apoio à Vítima (APAV). Com esta medida, a APAV pretende sensibilizar o público jovem sobre a violência no namoro, dando especial enfoque às novas tecnologias. A violência no namoro acontece quando, no contexto das relações de namoro, um dos parceiros (ou mesmo

“Coração partido” na adolescência pode assumir contornos patológicos

Todos nós reconhecemos o momento em que um adolescente começa a passar mais tempo em frente ao espelho antes de ir para a escola. Quando regressa e só deseja passar todo o tempo possível ao telemóvel, em conversas intermináveis, ora com alguém a quem habitualmente inventam um nome, ora com os melhores amigos a quem pedem conselhos. Os olhos começam a brilhar mais, ficam mais energéticos, mas ao mesmo tempo mais ‘aluados’. Neste momento, não

Necessidades dos doentes devem ser prioritárias

Colocar as necessidades dos doentes no centro do sistema de saúde deve deixar de ser, defende a Sociedade Portuguesa de Medicina Interna (SPMI), “um mero cliché” para se tornar “um imperativo prioritário, o que significa facilidade no acesso aos cuidados de saúde e modelos de organização que privilegiem o tratamento integral do doente”. João Araújo Correia, secretário-geral da SPMI, considera que, para o conseguir, “o passo crucial é o estabelecimento

Governo cria grupo para avaliar cirurgia de ambulatório

A Associação Portuguesa de Cirurgia Ambulatória (APCA) congratula-se com a criação do Grupo de Trabalho para o Acompanhamento do Desenvolvimento da Cirurgia de Ambulatório (GTADCA) que tem como objetivo proceder à avaliação da cirurgia de ambulatório em Portugal, nos últimos 10 anos, e identificar áreas de intervenção prioritária.Com a criação deste grupo de trabalho vai ser possível identificar áreas que, apesar do crescimento, carecem ainda de desenvolvimento, de forma a

Novos desafios no diagnóstico em debate no Hotel D. Inês

Novos desafios no diagnóstico de Imunodeficiências primárias” é o tema da VIII Reunião de Imunodeficiências Primárias que decorre hoje (9 de fevereiro), das 9h30 às 18h30, no Hotel D. Inês, em Coimbra. Durante este encontro, especialistas vão abordar o diagnóstico clínico, laboratorial e genético de algumas destas patologias. As imunodeficiências primárias (IDP) são na sua maioria doenças raras